Dica: Por onde começar? (Parte 2)

Alou lindas, olha eu aqui :D

Às exatas 2:07 da manhã né mas, tudo bem. Tudo por amor, tudo por vocês. Hahahaha
Primeiro às novas: A tia Sam está em semana de treinamento e segunda-feira pega firme no novo batente. Para as curiosas, meu cargo é de recepcionista numa academia paulistana em bairro de gente chicante. Nada meldeos, mas o salário é ótemo MESMO, somando-se ao fato de trabalhar apenas 6 horas em um lugar de gente saudável (hahahaha) que é uma academia. Ah, eu posso malhar de graça também! ahuahauahua \o/
O noivo está acertando os últimos detalhes e aguardando um OK para o emprego novo. Terá de se tornar PJ (Pessoa Jurídica), o que muda tudo na carreira dele: Mais oportunidades, mais destaque no currículo…fora que isso garante a ele tornar-se seu “próprio patrão”. Um pouco de regalia para quem já ralou muito na vida, é muito bom! Hahuahauahua. Parabéns amor (Sei que você lê escondido ;)

Bem, o que eu previa então pode vir a acontecer que é um leve sumiço. Mesmo trabalhando apenas 6 horas. Não estranhem, continuem mandando seus emails e comentários e na medida do IMpossível responderei.

POR ONDE COMEÇAR A ORGANIZAR O SEU CASAMENTO?

Pois sim, muitas meninas já me escreveram, pedindo perdidas, dicas de por onde começar. Outro dia fiz um mega texto para a leitora Jessica Lia e dele tiro o posto de hoje.

Bom, quando agente pensa em casar é claro que vem mil coisas na nossa cabeça e mais mil na tela do computador sendo oferecidas pelas empresas especializadas no ramo. Mas o que temos que fazer é enxugar e MUITO o que nos é oferecido. Para noivas com o orçamento apertado como o meu, procuro desde sempre ajuda-las a pensar com economia para que aprendam a criar um “olho crítico” para as exarcebadas ofertas do mercado. Por exemplo: É normal logo de início apaixonar-se por uma centena de opções de lembrancinhas para os seus convidados. Mas para quê dar bem casados + amêndoas + velas + gravatinhas + um card para o espelinho do carro e bla bla bla se você pode oferecer apenas uma lembrancinha marcante?

No meu casamento terá apenas o bom e velho casado embrulhado numa sacolinha fofa e uma caixinha com um vasinho e sementinhas para os convidados plantarem em casa. Tentei pensar no amanhã, afinal de contas tem coisas que não valem a pena gastar milhões, sendo que o convidado VAI jogar fora daqui a um tempo. Tem dessas bobagens…

Mas para começar antes de pensar nisso, faça assim:

Pegue um caderno ou abra um arquivo de texto no computador e escreva: Check list.
Aproveito para estrear meu check-list no canto direito do blog para ajudar na referência, hehehe.
Descarte sem dó o que você não acha necessário ter e o que pode ficar sem, ok?

Bem, com o check-list na mão o primeiro passo com certeza é fechar: Buffet e Salão. Se tiver cerimônia na igreja tem que fechar com bastante antecedência também.
Olha, eu não sei como é em cada estado, mas aqui em SP existem opções de buffet e salão por 4.000 reais!! (Em breve um desses lugares aparecerá aqui…)
São lugares menores onde dá pra fazer a cerimonia e a festa e já tem incluso no pacote os salgados, doces, bebidas e o serviço. Então dê uma boa pesquisada por aí e não aceite de forma nenhuma pagar mais que 32,00 reais por pessoa num buffet (Isso claro, se você está sem grana…).

Crie sua primeira lista de convidados e depois vá enxugando. Convide poucos e mais queridos.

Quando orçar buffet, comece olhando a opção de salgados e doces : o que tem jantar incluso pode ser o dobro mais caro e só oferece uma ou duas opções de massa com que pode deixar a desejar. Sério!

Dê um tipo de lembrancinha só, como dito anteriormente.
Chame as amigas, a mamis, a sogra ou quem você sabe que pode te ajudar; e coloque a mão na massa para fazer os convites, a decoração (lembre-se que MENOS é MAIS, excessos visuais ficam pesados), caixinhas, enfeites e etc… Bem-casados não são tão difíceis de fazer. Mas as vezes o custo deles na hora da contratação sai tão em conta mas tão em conta que nem vale a pena o trabalhão que dá fazê-los em casa. Esta dica vale para o bolo também, a não ser que você conheça uma boleira de mão cheia :)

Outra dica: Brigadeiros e beijinhos ainda são muito utilizados. Mas para dar um ar de “casamento elegante” neles é só você trocar o granulado comum por outro tipo de confeito diferente. Fica bonito e ninguém vai imaginar que foi você mesma quem fez :)

PS: Diminuindo o número de convidados no máximo possível não será necessário servir muitos doces porque doce enjoa. Logo calcule 3 ou 4 para cada convidado e ainda vai sobrar, pode confiar. Exemplo: 100 convidados = 300 ou 400 docinhos tá ÓTIMO!!

Por último (e uma dica um pouco ousada) eu sugiro para várias noivas que me escrevem, de outros estados do Brasil, que ao invés de gastar uma fortuna comprando as velas e outros enfeites para o casamento no seu estado; se esforcem para usar este dinheiro para comprar uma passagem de ida e outra de volta aqui para SP. Porque? Por que aqui tem a 25 de março, já ouviu falar né?
A 25 de março é UM DOS MELHORES LUGARES DO BRASIL para compra de todo tipo de material, inclusive claro: artigos para casamentos. Aqui você vai encontrar de TUDO a preço de BANANA. Tanto é verdade que eu posto frequentemente aqui no blog dicas de lojas e materiais que eu vou comprando para o meu casamento. Então, vale muito a pena tentar economizar assim. Teve até uma noivinha do Sul que veio, comprou tudo o que queria para a decoração, voltou e quando foi conferir preços na cidade dela ficou tão espantada que me escreveu contando que o dinheiro que ela ia usar para pagar a decoração e a decoradora; ela pagou as passagens de ida e volta dela e da amiga que veio junto, comprou tudo da decoração e ainda sobrou troco. Outro caso de parecido é o da Anita. Lembram da saga dela por São Paulo?
Portanto se um dia vocês decidirem vir pra cá, além de bom negócio já tem uma aliada para dar as dicas dos lugares certos: Eu, hehehe que moro próximo da região.

***

Bem, estas são algumas idéias. Talvez muitas pessoas não concordem, normal. Mas falou de casamento econômico a visão da dona deste blog é esta. E para quem quiser me escrever pedindo mais dicas, fiquem a vontade: casandosemgrana@gmail.com. As respostas podem tardar, mas nunca falhar :)

Beijos!

Leia Mais

Manifesto de próprio punho:Calígrafo pra quê? Parte 2

Bonjourno ragatsas!
Hoje darei início a uma parceria mais que bem vinda com a minha amiga Jane para falarmos sem travas na lingua assuntos interessantes que achamos dignos de um debate. Mais ainda: De um manifesto! Isso mesmo. Até por que não temos a sorte de nascer dotadas da facilidade de concordar com tudo que nos é empurrado pela vida. Se fossemos assim, que chatice seria viver. É por isso mesmo que o ser humano tem direito a livre expressão de seus desejos e medos. Então eis aqui mais um espaço para expressarmos os nossos. Fiquem a vontade para concordar ou discordar, se desejar fazer o último, seja educada e não desça do salto ok?
O tema de hoje é: Caligrafia em convites.
Verdade seja dita: calígrado é um custo absolutamente dispensável. E, inspirada pelo manifesto que fundamenta esta afirmação, resolvemos deixar aqui uma dica para deixar os envelopes dos convites de casamento mais bonitos, sem precisar pagar uma pessoa para ficar escrevendo um a um para vocês.
Bem, somos da opinião de que caligrafia é algo pessoal, faz parte da sua identidade. Logo, contratar um calígrafo para escrever os nomes dos convidados nos envelopes é a mesma coisa que escolher imprimir o texto com uma fonte bonita numa boa impressora. É tão impessoal quanto.
Mas, se mesmo assim você quer aquele “quê” de convite personalizado de verdade, então faça-o de próprio punho. Literalmente.
Para isso você precisa de quatro coisas:
- uma caneta de caligrafia
- uma boa tinta (somos a favor da preta)
- paciência
- saber escrever
A caneta de caligrafia tem uma ponta “achatada” que permite que a espessura do seu traço varie enquanto você escreve. É justamente no domínio dessa variação de traço que está um dos segredos de uma bela caligrafia.
O segundo segredo é ter a caneta certa, com a ponta na espessura certa. As canetas mais baratas são as de ponta porosa. “Quebram o galho”, mas você perde precisão. Em canetas com pontas de 2mm, você quase não percebe a variação do traço. As melhores ainda são as canetas tinteiro. Os preços variam de acordo com a marca. Parker e Lamy tem sua qualidade internacionalmente reconhecida, mas para quem não pretende ser calígrafa profissional, creio que seja possível encontrar marcas intermediárias mais em conta. E quanto a espessura da ponta, vai depender do tamanho da sua letra. Mas, para envelopes de convites, uma caneta com ponta de 1.8 ou 2 mm já está de bom tamanho. A Jane comprou uma de 2.3 mm e está achando muito…
O terceiro segredo é a tinta. Algumas tintas são mais “aguadas”, outras são mais sólidas. Comprar “tinta preta” é genérico demais. É importante saber que tipo de efeito você quer no convite. Pode ser o preto sólido fosco, o preto brilhante ou o preto “aguado”. É uma questão de gosto.
E o quarto segredo é treino. Não compre uma caneta e saia direto escrevendo seus ricos convites, a não ser que você já tenha feito isso antes. Treine o máximo possível. Escreva a sua lista de convidados, escreva cartas de amor para o seu amado, escreva os compromissos na sua agenda, os recadinhos de telefone da família, o cartão de aniversário da amiga. Quanto mais você treinar, mais você vai dominar a caneta.
E por fim: Seja paciente. Ao escrever seus convites, não tenha pressa. Escreva com calma. Com pressa a tinta pode falhar e você pode precisar “remendar” a escrita. Se você é assim como nós e não consegue escrever em linha reta, faça um traço fininho a grafite para orientar a escrita e, depois que a tinta secar, apague de leve com uma borracha macia. Programe-se para fazer isso com antecedência. Você não precisa escrever todos os envelopes de uma vez. Escreva aos poucos.
Bem, não somos calígrafas profissionais. Toda dica que escrevemos aqui é baseada no treino da Jane. A imagem é um dos seus treinos. A sua primeira caneta de caligrafia foi de ponta porosa. Ela se divertiu no início, mas logo começou a sentir falta de uma com mais precisão. Ainda está na fase do treino, e está se divertindo! E só o fato de que seus convidados vão receber um convite escrito pela própria noiva já faz com que valha muito a pena! Ou ela faz assim, ou escolhe uma fonte bacana e manda imprimir tags para amarrar com fitinhas no envelope, ou imprime no próprio envelope. O que também não seria ruim. É uma solução que se aplica bem a noivas práticas. Afinal, nem todas tem paciência ou são bem resolvidas com a própria letra para escrever os próprios convites.
Achamos que vale a pena. Mesmo que uma caneta tinteiro pra caligrafia não seja exatamente uma pechincha, ainda sai mais barato do que contratar um calígrafo, além de ser personalizado de verdade.
Gostaram? Querem saber mais a respeito? A parte 1 deste texto e mais algumas dicas você encontra no blog da minha amiga Jane. É só clicar aqui e conferir :)
Beijos!
Leia Também

Músicas para casar diferente I

Good mornight little sunshines (ai que piegas, para tudo, hahaha)

Enquanto vocês leem esta postagem estamos saudáveis, bonitos e f****** pagando quase dois mil reais na escritura do nosso apartamento que saiu esta semana. Fora isso tem mais uns milzinhos pra juntar por mês para entregar 10 paus na chave. Daí você olha e me diz: “Ta podendo hein fia?”, e eu te digo: “Rá! como se eu tivesse uns milzinhos todo mês pra juntar. Mas eu não desanimo não gata, é essa luz que me ilumina todo dia que me encoraja a fazer estas loucuras!” Hahahahaha.
Vai dar tudo certo né gente?…Tem que ter fé e pensamento positivo, certo?

Ma ma ma…mudando de assunto…
Vou descontrair e mostrar umas músicas que escolhi pro nosso casamento. Ora leia-se um casamento bem diferente, mas com músicas ultra românticas e animadas. Que tal deixar um pouco a mesmice de lado e ousar conhecer estas músicas lindas e diferentes, introduzindo-as na sua playlist?

Entrada do Noivo e dos Padrinhos

A grande e triunfal entrada da noiva (Umas clássicas…)
Para a cerimônia (Ouça estes violinos!)
A primeira valsa
Lua de Mel (Hehehe, dilíça!)
Gostaram? Tomara!
Em breve mais sugestões. Claro que ainda não falei da festa, esta tem categoria própria. Mas se você não aguenta esperar eu sugiro que você veja estas sugestões da noiva-aniversariante mais linda do dia de hoje (depois de assistir deixe os parabéns!). Jane amiga, te amamos, felicidades! :)

Beijos!

Leia Também

Dica: Embalagens de Vidro


Quando ví esta postagem da Romina no Crème de la Crème (olhem lá como ficaram perfeitos), tive um estalo. Lembrei simplesmente do melhor lugar para decorar BARATO com vidros o seu casamento: Rua Tabatingüera.

A rua Tabatingüera está localizada na Praça da Sé no centro de São Paulo. Lá estão concentradas lojas especializadas em produtos para fabricação de cosméticos, sabonetes, velas e afins. Mas como o nosso objetivo são os materiais de vidro eu posso assegurar que lá estão todos os modelos desejáveis numa decoração. Os preços são variados começando por centavos até graudos reais. Portanto vale a pena bater uma pernoca e pesquisar os mais em conta.

Pra fechar vou deixar algumas imagens de como aplica-los. Agora é com vocês :)

Imagens pegas no Google e outras whatever no meu HD. Mas caso você seja dona de algum, por favor avise para dar-lhe os devidos créditos.

Beijos queridas, bom final de semana!

Leia Também:

Dica 25 de Março: Apetrechos para o Lar

Quando você pensa na 25 de Março o que lhe vem a cabeça a respeito do que encontrar lá? Se você respondeu, de tudo, você acertou. A região localizada no centro da cidade de São Paulo oferece todo tipo de bugigangas, mas também coisas muito úteis como aparatos para a casa nova.

São muitas lojas com produtos lindos a preços fantásticos. Basta dar uma boa caminhada com um pouco de disposição e você sairá munida de peças bacanas. Quer um exemplo? Olhe estes portas escovas de dente, quanto estilo!

Eu lembrei da Bibi e vocês? Hehehe. São mais daquelas fotos escondidas feitas na galeria “Mundo Oriental”. Eu pensava que lá só vendiam bons perfumes e bolsas “Xanéis”, mas me enganei. Lá pelos últimos andares vocês vão encontrar peças clássicas e também diferentonas como estas. Anotem isso!

Agora a grande sacada do post foi ter encontrado seis, eu disse seis lojas Camicado com todo tipo de coisa lá dentro (diga-se artigos para festas de casamento). Não eu não estou doida; estou falando de uma Camicado “filha” da senhora Camicado dos grandes shoppings. Uma atacadista que tem preços justos (mais que sua mamãe que ensiste em esfaquear nossos peitos) e com essa mão na roda toda de ter de tudo que a outra não tem. Bacana né? Clique aqui para ver os endereços das lojas que estão separadas por setor e nas próximas compras de utensílios para o lar, favor passar por estas lojas e economizar ok? :)

Ps: Na Camicado existem forminhas em formato de flores em maiores quantidades com preços menores para quem não quer abrir mão. Mas se você quer fazer economia ainda mais que tal anotar as dicas da Audrey de hoje e tentar fazer as suas?

Beijos!

Ps2: May e Audrey obrigada mais uma vez do fundo do coração pelos selinhos queridas!

Leia Também:

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.